Welcome!

Sejam bem vindos ao dudaandrade.com!!!

Estou extremamente feliz em compartilhar mais esse momento da minha vida com vocês!

Há alguns anos eu venho usando várias ferramentas pra tentar manter contato com a galera que acompanha a minha carreira. Através da internet conheci muita gente especial, fiz amigos, fiquei sabendo de pessoas que tiveram a sua vida mudada por Deus, histórias incríveis.

Hoje isso tudo ganha um novo lugar. Muito mais do que um site, é como se esse fosse o nosso lounge de encontro. Comentem, perguntem, colaborem, se conheçam, quero ver vocês por aqui sempre! Nada mais justo do que o nome do meu estúdio ser House Studio. Sintam-se em casa.

De coração, obrigado pelo carinho e generosidade. Amo vocês!

Duda

Anúncios

Série Dicas #1

Oi galera.

Começo aqui uma sequência de posts especiais para os guitarristas e apreciadores de timbres. Serão dicas rápidas e práticas pra ajudar vocês. Vamos falar sobre drives, efeitos, racks e por aí vai.

Primeiro, batalhe para adquirir um bom amp e uma boa guitarra. Veja quais são as melhores opções dentro do seu estilo. Certifique-se de que mesmo sem efeito algum o som já está legal.

Esses dias eu toquei na igreja apenas com uma guitarra plugada em um pequeno amplificador valvulado, ficou sensacional!

Na sessão de equalização, respeite o som do amp. Se você não gosta do som dele flat é porque você comprou o amp errado. Tenho visto a galera exagerando muito no grave, gente a guitarra não é o baixo, é legal um respeitar o espaço do outro. Eu sempre trabalho no limite mínimo de grave e no limite máximo de agudo. Isso faz a minha guitarra aparecer sempre. Uso um amplificador que já funciona assim praticamente flat.

Deixa eu dar umas sugestões que têm a ver com o meu gosto. Se você tem pouca grana, os Marshall MG Series funcionam muito bem. Se você tem uma condição média experimente os Vox AC15 e AC30. Se você não tem problema com grana corra logo para os Amplificadores de Boutique, construídos sobre o mais alto nível de qualidade, por exemplo os Matchless ou os Divided by 13.

Até a próxima!

Glória in Rio

No dia 07 desse mês eu participei da gravação do mais novo dvd da Fernanda Brum, o Glória in Rio.

O Emerson e ela são como irmãos mais velhos pra mim. Quando vim pro Rio pra formar o 4por1 eu morei meio ano na casa deles, foi um tempo muito bom. A partir daí eu gravei em todos os cd’s e dvd’s da Fernanda. Também tive a honra de ouví-la cantando uma música minha, Peniel que saiu no cd Profetizando às Nações.

Amo muito eles pela seriedade com Deus e pela simplicidade, me receberam como se eu fosse de casa, nunca vou esquecer isso.

Bom, esse dvd é particular porque foi gravado em Vigário Geral, uma favela aqui do Rio. A escolha do lugar tem a ver com a proposta do último cd dela, um despertamento espiritual e social. E a experiência toda foi uma das mais marcantes da minha vida.

Andei pelas ruas da favela, conversei com moradores, almocei lá dentro, conheci um Pastor que já resgatou mais de 300 pessoas de serem mortas pelo tráfico, vi de perto o trabalho do Afroreggae, enfim, fui enriquecido. Todo momento eu segurava um choro, sempre agradecendo a Deus pela vida que ele me deu.

A gravação foi ótima, o lugar lotou e o ambiente estava fantástico.

Agora o que eu vejo é que grupos que nem são “crentes” estão fazendo uma diferença gigante, enquanto a igreja está preocupada com tantas coisas pequenas que nem tem tempo pra olhar pro próximo. Bora acordar gente, tem pessoas do nosso lado que precisam de ajuda…

Entrevista

Galera, segue a entrevista que dei pro blog Gospel do Diva, parceiro da Coletânea House Studio 2011. Confira também no gospelnodiva.com

Muita gente já vibrou com as apresentações da banda Quatro por Um, principalmente com o estilo de tocar do guitarrista Duda Andrade, mas pouca gente conhece o lado produtor do músico. Apaixonado pelo que faz, Duda deu início a um projeto que é tratado com muito carinho pelo artista: a Coletânea House Studio que irá revelar dez artistas do gospel nacional até então desconhecidos pelo grande público. Bastante empolgado com a seleção que conseguiu até então, Duda abriu as portas de seu estúdio na Barra da Tijuca e concedeu uma entrevista ao Gospel no Divãque você confere agora.

1. O que lhe motivou para a criação da Coletânea House Studio?
Comecei esse ano anotando alguns projetos que gostaria de realizar e a coletânea foi um deles. Na verdade, tenho paixão por música desde que comecei a tocar e montar as minhas próprias bandas. Depois dei aula de música e comecei a gravar. Vim trabalhar no Rio de Janeiro, montei um estúdio de gravação, enfim, nessa trajetória cheguei até aqui e estou muito feliz com mais essa etapa.
2. Como surgiu a ideia para o nome do CD? Esse foi o primeiro nome que veio à mente?
Foi bem natural. Eu queria que fosse uma coletânea, que é algo fenomenal na minha opinião, ainda mais com novos artistas. Grandes bandas começaram aparecendo em materiais dessa natureza. Depois eu completei com o nome do meu estúdio. Achei que a sigla #CHS também ficou show, bem forte.
3. Quantos vídeos foram enviados e como foi a difícil tarefa para escolher os dez que irão compor a coletânea?
Chegaram uns 20 vídeos. Eu não queria escolher os participantes sozinho, acho que apenas a minha visão não seria tão legal, então chamei quatro amigos pra me ajudar que é gente que conhece música, caras que eu respeito muito. Cada um fez a sua lista com o maior carinho, depois a gente se encontrou para fazer uma avaliação juntos e, finalmente, os mais votados foram escolhidos.
4. Quais foram os critérios cruciais para a seleção?
Cada ‘crítico’ seguiu o seu coração. Particularmente eu procurei algo que fosse novo e autêntico. Acho muito bom o músico seguir referências, mas na hora de criar é importante ter conteúdo. No fundo as pessoas sentem essa ‘verdade’, elas procuram isso.
5. Quais são os estilos predominantes no CD?
Nessa primeira edição teremos Soft Rock, Rock, Folk e Alternative. Algumas coisas giram e torno do Louvor Congregacional, outras seguem mais uma linha Violão e Voz, com certeza a galera vai amar!
6. Como será o processo de produção? Quem fará parte da sua equipe?
Os cinco primeiros artistas já estão agendados. Eles virão separadamente passar um dia comigo aqui no House Studio. Terminando essas primeiras gravações, eu agendo os outros artistas que vou produzir do início ao fim e o arranjo será montado em parceria com eles. Quando precisar, contaremos com músicos de estúdio. Quando tudo estiver gravado iremos para a mixagem e masterização e estou decidindo quais serão os engenheiros.
7. Além da produção musical, como será a parte de criação de encarte?
Inicialmente a coletânea será um produto digital, nada físico. Mesmo assim o ‘pacote’ vai acompanhar músicas, capa, fotos, informações e ficha técnica.
8. Além de produtor, você é guitarrista do Quatro por Um e integra o cast da MK Music. A banda e a gravadora se envolverão de alguma maneira?
É claro que eles torcem por mim. Eu não consigo prever todos os desdobramentos e resultados que a coletânea vai alcançar, mas no momento esse é um projeto exclusivamente meu.
9. Em sua opinião, quais são os pontos fundamentais para que um artista gospel obtenha sucesso na carreira?
Duas coisas sempre se sobressaem quando falamos de música no reino de Deus: unção e excelência técnica. Com esse ponto de partida, levando-se em consideração aspectos como autenticidade, aparência, caráter, novidade, presença, eu acho possível de se alcançar êxito.
10. Como será o lançamento da coletânea? Pretende organizar eventos para apresentar o projeto ao grande público?
O lançamento oficial será dia 11/07/2011 na loja virtual do meu website. Outras ideias também estão surgindo e com certeza a #CHS vai continuar dando o que falar.
11. Você irá lançá-la apenas para compra na Internet ou também disponibilizará em lojas especializadas?
Nesse primeiro momento apenas pela internet.
12. Acha que futuramente CD e DVD serão itens de museu e que a internet será a nova ferramenta da indústria musical?
Penso que a internet já é a principal plataforma para a indústria fonográfica. A chave é não enxergar toda essa mudança como uma inimiga. Dentro de pouco tempo o que já é realidade no exterior será no Brasil. As pessoas vão consumir muito mais músicas por um preço bem mais estimulante com velocidade e praticidade imbatíveis, isso é incrível!

Lista dos Participantes #CHS2011

Chegou a hora galera, tô muito feliz!

Os vídeos chegaram e todas as músicas foram ouvidas. Eu e mais 4 amigos nos dedicamos muito pra analisar e a experiência de conhecer vocês foi incrível!

A minha impressão geral foi ótima. Muita gente boa, ótimas composições, um bom nível. Esperava um pouco mais de originalidade, poucos tem essa corajem. Fica essa dica aí, tentar fazer algo que seja mais “seu”.

Deixa eu dar os parabéns pra todos e confessar uma coisa, queria gravar todo mundo, meu coração tá doendo, rs… Vocês são lindos e talentosos, nunca desistam do chamado de Deus.

Como vai funcionar agora. Nos próximos dias eu entro em contato com vocês pra agendar as gravações. A gente se fala pelo twitter.

Segue então a aguardada lista dos participantes da Coletânea House Studio 2011:

João Emílio @joaoemilio_ml
Livre Sou @LIVRESOUBAND
Dom Real @ministdomreal
Neto Huttl @NetoHuttl
Priscila Morais @PrisciladMorais
Alef Tau @bandaaleftau
Alternativa @Alternativaa
Emanuel @emanueloficial
Hb111 @hb111rock
Mna @mna_online

DVD Bruna Karla

No inicio do mes gravamos o DVD da Bruninha aqui no Rio. 9 mil pessoas cantando com ela, muito legal! Producao do Emerson Pinheiro, acompanhado de uma banda de peso. Super feliz em dizer que eu e quase todos os musicos gravaram tao bem que nao vamos precisar regravar nada em estudio. Valeu a dedicacao.

Segue abaixo as fotos do equipamento que eu usei pra gravar.

Usei a Duesenberg e a Gretsch. A Gibson ficou para emergencia.

Marshall Jcm2000 Tsl 100. Gosto muito dele, otimo canal limpo. Caixa com falantes Celestion. O engenheiro usou dois mics, um Shure e um Rode, alem de um sinal clean antes dos efeitos.

O compressor e o drive foram o Route66. A distorcao foi o Madcat. Usei bastante chorus combinando o Liquid Chorus e o RV-5. Tambem bastante delay com o Nova Delay, todos passando pelo loop switcher. Antes vinha o afinador e o volume, e por ultimo o booster.

Coletânea House Studio 2011

Anualmente eu vou produzir e lançar uma coletânea com novos artistas, gente de norte a sul do Brasil que tem compromisso com o Reino de Deus e precisa de uma oportunidade. 

1- Como funciona:

Tudo vai funcionar através da internet.

O que o artista precisa é ter talento, uma boa música e mais de 100 seguidores no Twitter. É so mandar pro meu perfil no Twitter (@dudaandrade), ou na página oficial do Facebook (Coletânea House Studio), um link do youtube com a musica sendo executada pelo cantor(a) ou pela banda. Se possível usar a Tag #CHS2011.

2- Seleção e prêmio:

Eu e uns amigos que entendem do assunto vamos escolher 10 artistas que vão ganhar a gravação completa no House Studio. Vou juntar essas 10 músicas maravilhosas em uma coletânea e lançar na internet para compras e downloads.

3- Algumas normas:

Respondendo possíveis perguntas, seguem algumas normas:
1- Uma música por cantor(a) ou banda;
2- Caso já exista uma boa gravação, ela pode ser usada na coletânea.
3- O deslocamento até o House Studio no Rio de Janeiro e por conta do artista;
4- Um contrato mais detalhado e esclarecedor será lido e assinado pelas partes. A gravação será agendada organizadamente e deve durar um dia para cada artista;
5- Datas: Envio de vídeos até 15/04/2011. Gravações até 15/06/2011. Mixagem e masterização até 01/07/2011. Lançamento dia 11/07/2011.

É isso, soltem a voz e me mandem milhares de vídeos, quero muito ouvir vocês e GRAVAR vocês, vamos glorificar a Deus juntos!

Vamos nessa! Valendo!

Duda Andrade